segunda-feira, junho 11, 2012

A Manga e a Soberania de Deus


"O Senhor tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo" (Sl 103.19).

Era o primeiro dia do simpósio da igreja e eu e Janyson estávamos "em cima" da hora para abrir a igreja. E para complicar mais a nossa situação, uma chuva torrencial começa a cair sobre nós enquanto ainda estávamos a uns dois quarteirões da rua da Assembleia de Deus na qual nos congregamos.

Durante a corrida na chuva, a sombrinha velha que minha avó havia emprestado para o Janyson não servia mais para nada - tão forte estava a chuva, que não haveria muita diferença entre usar ou não usar o objeto. A minha situação não era diferente até aquele momento. Minha sombrinha nova estava tão inútil diante da chuva quanto a que o meu amigo tinha em mãos. Mas como se já não fosse o bastante, repentinamente, eu sinto uma dor na cabeça semelhante a de alguém que leva um "coque" dos colegas malvados da escola (pois é, eu já apanhei na escola quando criança hehe) e ouço o barulho de algo rolando na calçada... Neste exato momento, uma pessoa que estava à janela de sua casa, exclamou com uma "cara" de pena: "Ai, deve ter doído". E Janyson olha para ela, com um sorriso no rosto, e responde: "Graças a Deus não bateu na gente. Está tudo bem". Mas ele não havia notado que eu estava passando a mão na cabeça, e, portanto, que a manga havia caído sobre mim...

Graças a Deus a manga não bateu em cheio a minha cabeça (a sombrinha amorteceu um pouco a sua força) e eu não senti muita dor. Foi somente um susto, o que terminou em muitas risadas até a chegada à igreja com a roupa toda ensopada. Pois bem, este episódio me fez refletir um pouco sobre o caráter de Deus. É sobre isto que gostaria de escrever um pouco.

Você crê na soberania de Deus? Você crê que Ele criou os céus e reina tanto sobre eles quanto sobre a terra? Você confia de todo o coração nas palavras inspiradas do salmista: "Mas o nosso Deus está nos céus, e faz tudo o que lhe apraz"[1]? Além disso, você está certo de que Deus governa a história, controlando o coração dos governadores da terra, segundo a Sua vontade? Você crê no verso escrito pelo sábio Salomão: "Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer"[2]? Bem, você deveria.

Isso não se trata somente de estar teologicamente correto. Muito menos se trata de ser bem aceito nos meios ortodoxos da igreja ou algo parecido. Pensar corretamente acerca da soberania do Senhor é necessário para a sua vida com Deus, sua família, seus amigos e seus inimigos. Além disso, a doutrina da Soberania de Deus é uma enorme fonte de alegria e consolo nos momentos de tristeza que muitas vezes nos assolam.

De que modo a soberania de Deus é fonte de consolo para os nossos corações? Tomemos por um momento o episódio da manga acima citado. A minha pergunta é: "Por que a manga caiu logo na minha cabeça"? Pensemos um pouco sobre isso. Ela poderia ter caído sobre o meu ombro, ou diretamente sobre a calçada, ou até mesmo sobre o Janyson. Mas não. Ela caiu exatamente sobre mim, na minha cabeça. E se eu, por algum motivo, demorasse mais 10 segundos para passar por aquele trecho da rua, o que aconteceria? Ou se eu andasse pelo lado esquerdo da calçada, por onde Janyson andava, ao invés do direito? Quem sabe se eu levaria essa "mangada" se eu e o meu parceiro de blog tivéssemos perdido o ônibus que pegamos para ir à igreja? Deus sabe! E muito além de saber perfeitamente como seria a minha situação em cada uma das possibilidades que propus logo acima, O Senhor já havia planejado que a manga cairia sobre ninguém mais ninguém menos que eu. 

Esta é a conclusão biblicamente lógica a qual eu cheguei, embora pareça meio chocante: Deus quis que a manga caísse sobre a minha própria cabeça! Pois se Ele controla todas as coisas, não é uma manga que foge ao Seu eterno propósito. E jamais esqueça que a gravidade também é controlada pelo Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Portanto, saber que Deus está no controle de todas as coisas, inclusive as más, faz-nos lembrar que em tudo isto Ele tem um propósito "bom, agradável e perfeito"[3]. Mesmo que nós não entendamos muitos de Seus propósitos, devemos saber que Deus é perfeito em Sua soberania. Eu, por exemplo, não sei exatamente o porquê de Deus ter ordenado que aquela bendita manga caísse sobre mim. Mas posso descansar nEle ao saber que foi por um propósito bom (embora tenha sido um pouco dolorido).

E como você está, meu leitor? O que tem caído sobre a sua cabeça? Pode ser algo muito mais pesado que a manga que caiu sobre mim, e muito mais doloroso que o seu "baque". Mas saiba que Deus está no controle. Sim, Ele está. E Ele tem um propósito bom nisso tudo. Talvez você esteja sofrendo devido as escolhas que você tem tomado até aqui, que o levaram para longe, bem longe da presença de Deus. Saiba que Deus tem sido gracioso para você ao permitir que você entenda, por meio dessa dor, a sua real condição pecaminosa. Ou quem sabe você está passando por tribulações em sua família, não entendendo a razão disso, pois você tem vivido verdadeiramente para Deus. Confie no Senhor, derrame o seu coração a Ele em oração e busque instrução na Sua Palavra. Pois saiba, com todo o coração, que Deus é soberano sobre os seus sofrimentos e tribulações.

Que Deus nos dê graça para desfrutarmos das maravilhas de Sua soberania, mesmo quando estivermos provando o amargo sabor da tristeza. Termino esta breve reflexão com as palavras do apóstolo Pedro:

"Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte. Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós". [4]

Que Deus seja glorificado.


Notas:
[1] Sl 115.3.
[2] Pv 21.1.
[3] Cf. Rm 12.2.
[4] 1 Pe 5.6,7.

2 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Olá Nilton Rodolfo,

A paz do Senhor!

Parabéns pelo excelente texto!

Fui edificado. Quanto ao título...muito criativo, cheguei aqui por causa dele. rsrss

Um grande abraço,

Seu conservo em Cristo,

Pr. Carlos Roberto
www.pointrhema.blogspot.com

Nilton Rodolfo disse...

A paz do Senhor, Pr. Carlos Roberto.

Já estávamos com saudade do senhor por aqui. Obrigado pelo comentário e que Deus nos ajude a glorificá-lo mesmo com as "mangadas" que levamos na cabeça!

Um grande abraço,

Nilton Rodolfo.