terça-feira, abril 14, 2009

Crente ou hipócrita?


Queria aqui fazer um breve comentário sobre algumas coisas que tem me entristecido ultimamente. No dia 04/04 me deparei com uma pessoa que me deixou um tanto quanto surpreso. Após mais de 30 dias de convivência com tal indivíduo, ele se disse “evangélico”.
Mas qual problema se ele se denominou assim? Não teria nenhum se durante os 30 dias anteriores ele não tivesse apoiado o sexo fora do casamento, se não tivesse dado indicações de Motéis com detalhes e se não tivesse contado histórias que continham uma inclinação para o espiritismo. Aqui só posso colocar um resumo mínimo e sem muitos detalhes sobre o assunto, coloquei só para entendermos qual o motivo do artigo, mas agora quero perguntar a você e a mim, Crente ou hipócrita? Quem somos nós? “crentes” que em nome do pecado tentam de toda a forma moldar a palavra de Deus, para tentar enganar a si mesmos e as pessoas em sua volta, ou verdadeiros crentes que amam a Deus e sua palavra?
Como pode em um momento o individuo citado acima cantar músicas de louvor e adoração a Deus mostrando ser um cristão e em outro momento falar heresias e coisas que são abomináveis diante de dEle?
De uma mesma boca procede bênção e maldição, Meus irmãos, não convém que isto se faça assim. Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa? Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.
Tiago 3.10 - 12
De maneira alguma quero aqui condenar alguém, o que quero é mostrar que ou somos crentes ou somos hipócritas se passando por crentes, como a Bíblia nos fala só existem dois caminhos, um que leva a Deus (Céu) e outro que leva ao afastamento total de Deus (inferno), e se queremos ver Deus temos que andar conforme ele andou, não que sejamos imunes ao pecado, mas pecar é diferente de viver em pecado, pecar é diferente de amar o pecado e ser escravo dele. O cristão verdadeiro peca sim, entretanto busca o arrependimento, luta para andar no estreito caminho.

Porque, falando palavras arrogantes de vaidade, nas concupiscências da carne engodam com dissoluções aqueles que mal estão escapando aos que vivem no erro;prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo. Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro. Porque melhor lhes fora não terem conhecido o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado. Deste modo sobreveio-lhes o que diz este provérbio verdadeiro; Volta o cão ao seu vômito, e a porca lavada volta a revolver-se no lamaçal.
2 Pedro 2. 18-22:

“Porque ficar brincando na igreja? se dizendo crente e não sendo? Vá brincar no mundo porque o fim será o mesmo”, Escutei essa frase algumas vezes já espero que ninguém entenda mal ate porque concordo em certos termos com ela, mas querendo ou não se formos hipócritas na igreja sendo devassos, avarentos, maldizentes ou beberrões, lobos em pele de cordeiro do que adiantará?
1 Coríntios 5. 9-11 diz: Já por carta vos escrevi que não vos comunicásseis com os que se prostituem;com isso não me referia à comunicação em geral com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevo que não vos comuniqueis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com esse tal nem sequer comais. o texto não se refere a pessoas que tem erros e buscam arrependimento mas se refere aqueles que já não querem a Deus, pessoas que estão na igreja por qualquer motivo,se fazem passar por irmãos(algumas vezes enganam-se a si mesmos) entretanto Deus não está em nenhuma delas.
Não quero aqui determinar quem é salvo ou não e sim que possamos parar e pensar: somos cristãos verdadeiramente ? ou já fomos e estamos relaxados, ou ainda, e pior situação, somos como a pessoa que citei no inicio do artigo?
Busquemos a Deus, sua verdade e sua justiça, orando e vigiando, porque no dia em que a trombeta soar para todos nós, naquele Grande Dia, ou individualmente no dia de nossa morte não sejamos pegos de surpresa e nossa vida sido em vão, antes possamos estar diante de Deus, na presença de Deus.

Que os homens nos considerem, pois, como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer nos despenseiros é que cada um seja encontrado fiel.
1 Coríntios 4. 1,2

"Este artigo em questão reflete uma experiência pessoal minha, não tendo nehuma relação, direta ou indireta, ao que está acontecendo com o meu amigo e irmão Victor Leonardo que tem meu total apoio"

e o blog continua..eis a razão deste artigo

Grande Abraço.

10 comentários:

Rodrigo Melo disse...

Muito bom o post.

Temos hoje em dia muitas pessoas que se enganam!

Se não tomarmos cuidado acabamos por ter as mesmas atitudes, isso porque a princípio achamos que não é nada demais, é só um crente a frente do seu tempo, mas se deixar pra ver como que fica, vc tá perdido.

Precisamos tomar muito cuidado com quem nos associamos, principalmente quando essa pessoa se diz "O CRENTE".

A PaZ.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Renan Diniz,
A Paz do Senhor!

Parabéns pela abordagem do pertinente assunto.

Atitudes assim em nosso meio, são fruto do relativismo que nossa geração mergulhou!

Que Deus tenha misericórdia de nós.

Continue escrevendo para edificação da Igreja e para a glória de Deus.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Janyson C. Ferreira disse...

Amigo Renan é muito bom ler um artigo seu novamente estavamos com saudades de seus posts. Que Deus lhe abençoe grandemente e quero dizer que concordo pelnamente com seu artigo existem muitas pessoas desse tipo em nosso meio,que tomam uma atitude de vida dupla como essa por se caracterizarem como verdadeiros covardes,mas que possamos orar por esse tipo de pessoas para que elas se arrependam,e voltem para o caminhos do senhor pois estão longe dele.

Renan Diniz disse...

Rodrigo Melo,

Obrigado pelo comentario, gostei muito quando disse: "....é só um crente a frente do seu tempo...." a igreja está cheia de pessoas assim... que se dizem modernas para inserir heresias em nosso meio.

Pr Carlos Roberto,

Ponto importante esse do relativismo, nao sei se comeco a rir ou chorar quando vejo alguem se apoiando nisso.

Amigo e irmao Janyson,

Agradeco por seu comentario tbm, espero poder postar mais vezes sim, e vc tbm ne ?! (risos)
o primeiro ja foi nota 10.

Afim obrogado a todos pelos comentarios.

A PAZ!!

Leonardo Gonçalves disse...

Olá pessoal,

Indiquei o GQL para receber o selo de melhor blog cristão. Para receber e se informar, é só passar lá no Púlpito Cristão.

Abraço fraterno

Leonardo G. Silva
www.pulpitocristao.com

Esdras Costa Bentho disse...

Kharis kai eirene
Prezados amigos, a que devemos esse ecletismo? Essa malsã união entre o cristianismo bíblico e o espiritualismo, entre o sacro e o profano deve-se sociologicamente ao caráter plural e multicultural de nossa contemporaneidade. Antes criticávamos o secularismo, hoje nos aliamos a ele; antes condenávamos o espiritualismo, atualmente alguns arrais pentecostais confundem-se com rituais espiritualistas; antigamente éramos contrários à toda forma de mortalidade infantil, hoje alguns de nós defendem avidamente o aborto. A lista antagônica seria interminável se não parássemos nossos dedos. Todavia, urge combatermos toda forma de miscigenação entre o Evangelho e as formas pagãs e seculares que invadem o contexto religioso cristão na pós-modernidade.
Um Abraço
Esdras Bentho

Mayalu Moreira Felix disse...

Olá, irmãos do GQC,

Indiquei este blog para receber o selo "Melhores Blogs da Cristandade". Clique aqui http://mayafelix.blogspot.com/ e veja como recebê-lo.

Um abraço,

Victor Leonardo Barbosa disse...

Cara Maya..acho que você misturou GQl com CQC...rsrsrs

Mayalu Moreira Felix disse...

Como assim? Eu escrevi a sigla de modo errado? Não consegui achar o equívoco.

Memanda um e-mail!

mayalu71@hotmail.com

Mayalu Moreira Felix disse...

Ah, OK, foi aqui na postagem!!!

Me desculpem!!!

rsrsrs

Sorry!

:)