quinta-feira, setembro 27, 2007

Só uma nota para os Blogélicos.




Hoje, enquanto assistia a programação da Boas Novas, durante um comercial me deparei com a seguite frase: "Ouvi falar que a música da igreja é careta e chata, está na hora de mostrar-mos que a música da igreja é a melhor" ! ! !

Porque será que o mundo acha a música da igreja chata ? por não ter uma batida atraente ? ou por nao fazer com que recrebemos nosso esqueleto "Uhhuuuuu", não estou dizendo para não mostrar para o mundo que a nossa música é a melhor, de fato a "nossa" música É A MELHOR, não por ser REMIX ou LENTA e sim porque fala de Cristo, um Deus VIVO que SALVA, e é isso que devemos fazer através da música, não devemos e nem podemos criar uma música que atraia as pessoas pelo rítimo ou por uma letra farisaica, devemos atrair as pessoas por Cristo inserido nessa música, também nao estou falando que não podemos ter uma rítimo mais agitado( com exceções e claro) so quero lembrar que:


Quanto ao mais, irmãos, tudo que é verdadeiro, tudo que é honesto, tudo que é justo, tudo que é puro, tudo o que é amavel, tudo que é de boa fama, se há alguma virtude, se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4. 8


Que possamos fazer uma música boa sim!!! para Deus agradando ou não o mundo, porque se Deus olhar com graça para a nossa música os que são dEle escutarão.


Um Abraço.

Renan Diniz

Obs: não deixe de ler o artigo anterior sobre a Escola Dominical.

8 comentários:

Valmir Nascimento Milomem disse...

Olá colegas da GQL.

A UBE está precisando de mais editores. E dae, querem fazer parte da equipe?

Deem um alô.

Valmir Milomem

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá irmão Valmir, pode contar comigo, creio que os irmãos meus irmãos também aceitarão.
Mas gostaria de saber como é que se faz essa edição.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Caro amigo Renan, parabésn pelo texto, creio é importantissímo que como pentecostais sabermos apreciar a mnúsica que reflete a glória de Deus.

Valmir Nascimento Milomem disse...

Preciso do e-mail q vcs usam no blogger para fazer o convite para serem editores.

Valmir

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Olá Renan!
A Paz do Senhor!
Seus texto é acima de tudo responsável para com a nossa música, aliás, nossa música é na verdade o invólucro do verdadeiro louvor a Deus, que deve ser pefeito.
Parabéns

Fernanda disse...

Nossa esse trabalho q o Victor ta fazendo eh maravilhoso!!!!!!e as pessoas nem se ligam nessas coisas de musica!!e devem se ligar msm!!!devemos honrar a Deus em tudo!!

Eduardo Neves disse...

A Paz do Senhor,
irmão Renan seu artigo "Só uma nota para os blogéticos" harmoniza-se em pensamento com o de todos aqueles que não produzem música para fama ou ufania, mas sim para glorificar ao nosso Deus.

O louvor ao Senhor não será só o cântico, mas nossa própria vida o será!

Seja nossa vida um louvor ao Senhor! Aleluia!

Que Jesus Cristo nosso Deus e Salvador te abençoe.Amém.
Eduardo Neves.

Marquinhos Bigú disse...

A música é cultura.Eu pessoalmente não gosto de música estilo "sertanejo"e muitos dos ritmos que tocam nas Igrejas.Sou músico estudei música erudita muitos anos,trabalho dando aulas de música.O que difere a música evangélica da mundana é a letra.Está errado.Música pra dançar é música pra dançar.Independente da letra que tenha.Igreja é lugar pra dançar?Não posso lhe dizer,isso depende dos pastores e de cada um.Eu não vou pra Igreja pra dançar.Eu vou pra me alimentar da palavra de Deus.Nossas Igrejas nos alimentam com a palavra de Deus?Enquanto houver sermão na Igreja(mas estão querendo acabar)a igreja ainda estará exercendo seu papel.