sexta-feira, agosto 15, 2008

O(s) Evagelho(s)


Estamos em um período tumultuado no mundo cristão. Apesar das constantes batalhas de apologetas evangélicos quanto ao dito movimento da prosperidade, a maré ora parece recuar ora voltar. Sementes do evangelho antropocêntrico ainda permeiam a vida de muitos, pessoas às vezes que já são fruto de uma geração de pregadores da prosperidade. Sementes essas que querem voltar para dominar a situação.

Diante de tantas batalhas, talvez surja uma questão: Seria realmente o evangelho da prosperidade ilícito, ou algo válido no mundo (cada vez mais) "pluralista cristão"? Talvez a exposição de ambos os evangelhos, tanto o da prosperidade quanto o evangelho já há muito tempo pregado possa nos render alguma conclusão. Espero que o leitor possa avaliar a si mesmo e suas motivações ao defender uma posição, ou seja, quero dizer que a honestidade calcada no respaldo da Palavra de Deus é fundamental. Tenho minha convicção de qual lado está certo e sei que é verdade(por mais arrogante que eu possa parecer). Mas isso paradoxalmente não exclui a reflexão e o pensamento cristão,além do debate. Na verdade, o que eu quero agora é ouvir a opinião dos outros: Qual desses evangelhos é o correto? qual desses é O EVANGELHO?

Primeiramente atentemos para este:

Agora para este:

Então? Qual dos dois é o digno? É o verdadeiro?

Soli Deo Gloria

16 comentários:

Gutierres Siqueira, 19 anos disse...

Seguindo a recomendação paulina: Que o “evangelho da saúde e prosperidade” seja anátema! Esse vídeo do Rev. John Piper é fantástico, pois ele sintetiza muito bem a maléfica pregação de prosperidade. Como ele disse: “Deus é mais glorificado em você quando você está mais satisfeito nele em meio à dor e pobreza, e não em meio à prosperidade.”
Enquanto isso, o “conferencista internacional” insinua que Jesus foi rico... Essa é uma das piores asneiras exegéticas que já ouvi (desculpe pela expressão).


Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

Victor Leonardo Barbosa disse...

É verdade irmão Gutierres, infelizmente isso é que vemos crescer cada vez mais na igreja pentecostal, e também me muitas outras denominações.

Que Deus possa nos dar graça para sermos instrumentos em Suas mãos para mudarmos tal quadro.

Um grande Abraço.

Juber Donizete Gonçalves disse...

Victor,

Gostei da postagem e dos vídeos sobre Os Evangelhos. Tem mesmo muito evangelho pregado por aí que não é o de Jesus de Nazaré. Gostei muito do vídeo do John Piper. Parabéns pela postagem.

Graça e Paz,

Juber

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Víctor Leonardo!
A Paz do Senhor!
Quero parabenizá-lo pelo post e de minha parte registrar minha opnião contrária à teologia da prosperidade.
Não sou contra a prosperidade de ninguém, porém, como meta de ensino teológico, realmente não aceito.
Não dá para ficar focado numa teologia que só fala em riquezaqs, quando Jesus disse:
"Os pobres sempre tereis convosco".
Outrossim, focados nas riquezas terrenas, somos levados a nos esquecermos da esperança da Igreja que é a vinda de Jesus Cristo.
Porventura não é isso que vemos nios dias atuais?
Praticamente nada de cruz, nem calvário, muito menos da volta do Senhor Jesus.
Para mim, isso nada mais é do que uma estratégia do inimigo para perdermos o foco real do evangelho, ainda que entenda que, em sendo da sua vontade, com Jesus poderemos alcançar todas a coisas.

Em tempo:
Quero agradecer a indicação do POINT RHEMA aqui no Geração que Lamba.

Pr. Carlos

Anchieta Campos disse...

Nobre irmão Victor Leonardo Barbosa, a paz do Senhor.

Parabéns pelo blog, o qual é um espaço em defesa da ortodoxia bíblica. Conte com o nosso humilde apoio.

Realmente, como bem frisou o irmão em meu blog, devemos evitar e combater estes pseudo-evangelhos, e defender acima de tudo e de todos a pureza do Evangelho como ele é.

Abraços fraternos!

Anchieta Campos

Junior disse...

Paz Victor!

Lamentável o desvio deste pregador do 1º vídeo.
Essa "teologia", que nem deveria ser chamada de teologia, tem feito a noiva de Cristo padecer.
Oremos para que novos rumos sejam dados à igreja do Senhor. Ou veremos nossas igrejas fechando e virando bares e museus, como na Europa atualmente.

No amor dAquele que não tinha nem onde reclinar a cabeça.

Junior
www.juninhoacura.blogspot.com

Victor Leonardo Barbosa disse...

Obrigado pelo apoio Irmãos, é uma honra contar com vocês aqui neste espaço...

Irmão Juber,paz do Senhor! Que bom que o senhor gostou do vídeo do pastor Piper, até hoje sou impactado pela clareza e contundência bíblica demonstrada em sua pregação. Obrigado pela visita, Deus o abençoe!

Olá pastor Carlos, a Paz do Senhor! Realmente a meu ver, a teologia da prosperidade nada mais é do que um desvio total do Evangelho de Cristo, e hoje, dificilmente escutamos falar sobre a vinda de Jesus, o que era antes constante na pregações assembleianas principalmente.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Irmão Anchieta, Paz do Senhor! Obrigado por sua participação aqui neste espaço, que muito me alegra, infelizmente o falos evangelho está aí. Não há dúvidas, devemos lutar pelo verdadeiro evangelho em um "mundo cristão" cada vez mais afastado do caminho da verdade. Obrigado pelo apoio irmão!

Olá Junior! Paz do Senhor! Obrigado por sua visita aqui no blog, que aliás, parece ser a primeira. Concordo com você, teologia bíblica é aquele que reflete os conceitos bíblico de forma fiel e verdadeira. É triste a situação da Europa ocidental, que antes fora o berço do cristianismo, mergulhada em tamanha apostasia. Deus nos guarde!!!
Abraços e Deus o abençoe!!

Eveline disse...

Oi Victor!

A Paz!

Parabéns pelo blog. Queria te agradecer pela visita ao meu blog e desejar que o Senhor continue te inspirando e te iluminando.

Abraço!

Victor Leonardo Barbosa disse...

Oi Eveline, Paz do Senhor!!!

Obrigado pela visita qui neste espaço, que Deus continue abençoando profundamente o "Só Para Meninas!"

Abraços...

Pastor Geremias do Couto disse...

Caros:

Rejeito frontalmente a primeira mensagem, e a qualifico como blasfêmia, e abraço com alegria a segunda.

Isso me basta.

Abraços

Pr. Geremias do Couto

Eliseu Antonio Gomes disse...

Victor

John Piper foi extremamente infeliz nesta ocasião. Talvez por suas próprias idéias ou então por ter sofrido cortes de edições de imagem nesta mensagem. Cortes feitos pela pessoa (“mui amiga”) que postou o vídeo no YouTube o deixando com essa imagem ruim.

Do jeito que John Piper aparece a frase é chocante. Ouvimos dele: “Eu vou te dizer o que faz Jesus parecer lindo. É quando você bate o seu carro e sua filhinha voa através do pára-brisas... e cai morta na rua... e você diz, em meio a mais profunda dor possível: Deus me é suficiente... Ele é bom, Ele cuidará de nós, Ele irá nos satisfazer, Ele nos fará passar por isso. Ele é nosso TESOURO”. Usar essa frase num culto de evangelismo é matar os peixes antes deles caírem na rede.

Dentro do parâmetro da edição que assistimos o argumento de Piper está muito confuso. Coloca os verbos gostar e adorar como se fossem palavras sinônimas. Não é pecado gostar de dinheiro e das conseqüências positivas que ele traz. O avião, o automóvel, o telefone celular, a televisão, são bênçãos. Podemos gostar dessas coisas sem desagradar a Deus. Tudo depende do propósito. Inclusive um dos propósitos poderá ser missões, fazer o Evangelho de Cristo ser difundido em escalas mais rápidas, acima dos padrões da miserabilidade econômica. Mas o vídeo de Piper passa a idéia que tudo que seja distante da cena do cadáver da filha morta no chão sejam objetos de idolatrias e que devemos repudiá-las por amor ao Evangelho de Cristo.

E, além disso, tenho visto com meus próprios olhos alguns palestrantes subirem em púlpitos e criticarem a Teologia da Prosperidade usando ternos italianos e carros importados. Para serem coerentes eles deveriam seguir o exemplo dos irmãos da Igreja Primitiva, dividir seus bens com todos os ouvintes da palestra, passar a. ser usuários de trens e ônibus lotados, comprar as frutas do final das feiras e enfrentarem filas e o péssimo atendimento médico dos hospitais públicos.

Com toda certeza Cristo deve estar entronizado dentro dos nossos corações, ser o primeiro entre as pessoas e coisas em nosso derredor. Mas, pelo que eu sei o Evangelho da Prosperidade nunca negou isso.

Abraço na paz do Senhor

Eliseu Antonio Gomes
http://belveredeblogspot.com

Victor Leonardo Barbosa disse...

Caro pastor Geremias do Couto, obrigado pelo comentário e participação aqui no blog. Concordo com o senhor que a primeira mensagem chega a ser uma blasfêmia, algo totalmente contra o Evangelho Genuíno.


Olá Eliseu,

É verdade que o vídeo que contém a mensagem de Piper foi editado em alguns pontos e em um pequeno momento a legenda está errada(Piper não diz que Jesus possuía uma BMW, mas sim questiona quantas pessoas afirmariam que somente Ele é suficiente enquanto dirigimos uma BMW afirmando que temos ela por que temos Cristo e muitas coisas mais - pelo menos esse é o sentido da frase). Esse vídeo parece não fazer parte dos oficiais que ele publica em seu site, o Desiring God. Mas ainda assim, creio que base suficiente da mensagem é essa mesmo.

De forma alguma creio que Piper esteja equivocado, até porque ele não está condenando a prosperidade em si, nem tão pouco diz ter ódio das pessoas que pregam tal teologia. O que ele está condenando é a doutrina que afirma que sinal de salvação é a riqueza material, a teologia que afirma que Jesus era rico, e que já sofreu tudo o que tinha que sofrer por nós. A teologia que coloca seu foco nos bens materiais, em vez de pregar a cruz de Cristo e a perseverança do crente em meio ao sofrimento(algo claramente expresso nos evangelhos). Tal teologia é extremamente perniciosa, e busca usurpar a glória de Deus.

É claro que a televisão, celular e etc são dádivas de Deus, e Piper não questiona isso. O que ele está questionando no vídeo é a teologia que coloca isso acima dos demais " os dons acima do doador". O problema não é ter um terno Armani, o problema não é ter dinheiro, o problema é amar o dinheiro, fazer dele o centro da mensagem, substituindo a pregação verdadeira. Não é necessário uma pessoa ser pobre para criticar tais coisas e ser contra a "soberba da vida" que nos falou o apóstolo joão em sua epístola. A igreja primitiva de forma alguma era forçada a doar seus bens, havia a liberalidade não um mandamento.
O sofrimento é a marca genuína da igreja de Cristo. é claro que o que Piper falou foi apenas um exemplo de como o cristão deve se portar nas difíceis tribulações da vida, pois isso redundaria em maior glória a Deus.
Para saber mais obre Piper, acesse seu site e veja seu vídeos oficiais traduzidos no youtube.

Abraços...

Eduardo Neves disse...

Graça e Paz;

Solicito orações a irmã em Cristo Ana da Luz; ela se encontra enferma em um leito hospitalar.

Att.
Eduardo Neves

EDILSON VALDECI disse...

Caro Victor,

Fico feliz por tua vida,continue trabalhando para o reino.Fui pastor de uma dessas e hoje estou liberto pelo sangue de Cristo.
me mande por favor esse vídeo.ed

Victor Leonardo Barbosa disse...

Caro pastor Edson, a paz do Senhor!!! Com relação aos vídeos, eles estão no site YouTube(www.youtube.com.br).

hoje há programas existentes que fazem o downloads deses vídeos. è só dar um procurada.

Obrigado por sua participação aqui no blog, que é a primeira, por sinal.

Abraços e Deus o abençoe!!!