segunda-feira, outubro 27, 2008

Seriam os pentecostais Místicos?

Encontrei algo por demais interessante no site da Assembléia de Deus Pentecostal do Porto localizada, obviamente, em Portugal. Segundo o site, essa Assembléia de Deus obteve a presença marcante de Daniel Berg. O que me chamou mais atenção foi justamente certa distinção de Berg sobre os crentes desta denominação:

"Em 1932, algum tempo depois da chegada do pastor Daniel Berg (de Pr. Daniel Bergnacionalidade sueca) deu-se uma cisão no seio da Igreja Pentecostal onde se reuniam. A maioria, pouco mais de 10 crentes, partiu para o Carvalhido, mais precisamente, rua da Prelada nº 117, cuja casa de oração foi alugada pelo pastor Daniel Berg. Os outros crentes ficaram com o irmão Domingues no Bairro Leal do Bonjardim. Creio que um dos motivos da cisão seria o facto de Daniel Berg valorizar mais a Bíblia e a mensagem pregada do que os testemunhos pessoais (bênçãos recebidas) narrados durante o culto.'"

Fonte: Assembléia de Deus do Porto

Para aqueles que afirmam que os pentecostais menosprezam a Bíblia como regra de fé e prática, eis aí a posição histórica de um dos principais fundadores da maior denominação pentecostal do Brasil com relação à suficiência das Escrituras.

Soli Deo Gloria

13 comentários:

Eduardo Neves disse...

Graça e Paz

Parabéns pelo blog e que o Senhor Jesus continue-o abençoando. Convido-o a ler meu recente post “Ignorais que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?” de meu blog Entendes tu o que lês?/ http://eduneves.blogspot.com/

Um abraço!!!

Eduardo Neves.
“Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens,” Tito 2:11

Ednaldo disse...

Paz Victor,

O Daniel Berg era um bom Batista. :)
Só pra chatear.

P.S. Só pra lembrar, o que queres que eu faça mesmo? É para mudar o template ou as imagens?

Victor Leonardo Barbosa disse...

Paz do Senhor Irmão Ednaldo.

Realmente, não há como negar as semelhanças da assembléia de Deus com as igrejas batistas tradicionais, em especial à Primeira Igreja Batista, de onde se originou.

Com relação á template, gostaria penas que você mudasse o Logotipo. ao invés de ser a imagem do Leão e do cordeiro, que colocasse a imagem desse leão que você vê aqui no blog.(Se preferir, pode colocar outro leão ainda mais bonito que você tenha em mente).

Um grande abraço!

Juber Donizete Gonçalves disse...

Victor,

Obrigado pela indicação do meu blog e pela visita. Geração que Lamba já está indicado nos meus links.

Abraço.

Ednaldo disse...

Victor, vc tem uma imagem maior do leao que está no gql? pq procurei na net e não achei a imagem. (?????) Se tiver manda pra mim, ou escolhe outra e me envia. (Dessa vez acho melhor a Geração que Lamba escolher - rsrs).

Ednaldo.

P.S. - Uma perguntinha, um camarada de terno cinza, de cabeça baixa, que está numa foto do encontro de EBD em Macapá que saiu no Mensageiro da Paz de novembro é você???? "A nível de" curiosidade. Fica na Paz de Cristo

Paulo Silvano disse...

Caro Victor,

Boa pergunta! Não sei se estamos muito interessados em respondê-la, mas penso que com ela poderíamos começar um debate bastante produtivo, na tentativa de separar o "místico" do "misticismo". Começo dizendo que o misticismo está muito distante da místico. A atitude de Daniel Berg revela a sua proximidade com o místico e a sua repulsa pelo misticismo.

Um abraço
Paulo Silvano

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá Ed...daqui a pouco vou te mandar a foto.

Olha, eu ainda não vi o mensageiro da paz de novembro. Mas na noite de abertura eu fui de terno cinza mesmo. Vou dar uma olhada... he he

Olá pastor Paulo, com relação aos conceitos de místicos e misticismo. Creio que nós dois formos por linha de pensamento diferentes. Se formos classificar misticismo com relação ao envolvimento com o sobrenatural, de uma forma cristã(no caso, nosso envolvimento com Deus), realmente todos nós somos místicos nesse sentido. Mas o sentido que utilizei de misticos foi justamente a prática da busca pelo sobrenatural a parte da Palavra de Deus, e misticismo, neste caso, seria a prática destes que praticam desses místicos( no caso, o reteté e outras absurdos neo-pentecostais).

Um grande abraço!

Clébio Lima de Freitas disse...

Irmão Victor, A Paz do Senhor Jesus!

Parabenizo você por esta importante postagem que mostra o quanto o movimento pentecostal em sua substância sempre foi totalmente baseado na autoridade das Escrituras e não em misticismos como vemos em alguns grupos "evangélicos".
Embora não tenha tido tempo de comentar, estou sempre atento às suas postagens.

Att,

Clébio Lima de Freitas
clebiolima.blogspot.com

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá irmão Clébio, a paz do Senhor!

Apesar das severas críticas(muitas vezes oriundas de pessoas que não conhecem o movimento pentecostal), não há dúvidas que o movimento pentecostal sempre teve um compromisso com a Palavra de Deus acima de tudo.

Berg é uma prova disso.

Anchieta Campos disse...

Caro irmão Victor Leonardo, a paz do Senhor.

Excelente observação. Para os pentecostais que sabem o que é ser pentecostal, a Bíblia será sempre suficiente para instruir toda e qualquer pessoa no caminho que conduz para a vida eterna.

Os livros publicados pela nossa CPAD demonstram de um modo claro e oficial o puro entendimento pentecostal das doutrinas bíblicas. Infelizmente que toda essa riqueza literária-bíblica não influencie quem mais deveria influenciar: a grande massa pentecostal espalhada pelo Brasil.

Forte abraço.

Anchieta Campos

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá irmão Anchieta..a paz do Senhor!


Sua consideração foi excelente. Infelizmente a grande massa pentecostal ainda dá ouvidos a muitos modismos existentes.

Hoje mesmo me deparei com um tópico em uma comunidade do orkut, criada por pentecostais, que demonstravam um forte misticismo desse tipo. E o pior é que se baseavam em Gunnar Vingreen.

Durma com esse barulho!

NilmaBostonRio disse...

Congratulações por compartilhar conosco esse pequeno detalhe histórico.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá Nilma! obrigado por sua participação neste espaço! Faz tempo que eu deveria colocar seu blog em nosso favoritos.

Que Deus lhe abençoe grandemente!

Se possível, escreverei mais sobre a história da Assembléia de Deus, focando nestes pequenos detalhes.

Um grande abraço!