terça-feira, junho 09, 2009

Debate blogélico: os evangélicos e a TV



Dando prosseguimento à série de debates itinerantes realizados anteriormente nos blog's Teologia Pentecostal e do Blog do JP, chegou a vez do Geração que Lamba receber os blogueiros Gutierres Siqueira e João Paulo Mendes. Ambos buscarão esclarecer as seguintes questões: seria a televisão benéfica aos evangélicos? É necessário a existência de um canal evangélico? A programação evangélica exibida na televisão é confiável (bíblica)? Essas perguntas e outros questionamentos necessitam de respostas.

Que Deus abençoe os ouvintes!



Download:

televisão e evangélicos.mp3

Soli Deo Gloria

2 comentários:

Clemente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clemente disse...

Chegou à hora da grande revelação!!!

A Bíblia está repleta de textos satânicos, no Antigo Testamento e no Novo Testamento, porém os pastores, missionários, pregadores e os padres, não fazem nenhuma questão de ler ou de comentar (pois são ignorantes de má fé, ou ingênuos, e não possuem a sabedoria espiritual e nem o discernimento espiritual para compreender o que eles estão pregando).

A discussão entre Jesus e os Sacerdotes Judeus

O Levítico é um dos livros da Bíblia da qual relata os costumes e rituais dos Judeus da época de Moisés (Moisés adquiriu um grande conhecimento na arte da magia negra através de Jeová – Moisés se tornou um dos maiores feiticeiros que já existiu na face da Terra), eles tinham que fazer oferendas; sacrifício de animais (rituais de magia negra) em adoração a Jeová (Jeová – nada mais é que uma entidade espiritual interplanetária de grande poder demoníaco, e manteve sob o seu domínio mental e espiritual o povo hebreu através de Moisés e de outros líderes religiosos da época).
A Igreja Católica Apostólica Romana e todas as denominações religiosas que derivam da Bíblia, não conseguiram compreender e nem separar o Antigo Testamento do Novo Testamento, em que o Mestre Jesus nos revela todo um novo conhecimento espiritual referente ao Pai (Cristo Solar) compreensivo e justo (o Mestre Jesus não veio pregar as antigas Escrituras, mas os falsos pastores, pregadores, missionários, padres, etc., insistem em pregá-las).
Segundo o evangelista João, no capítulo 8 - vs. 39 - 47: 39Eles disseram-lhe em resposta: nosso pai é Abraão, Jesus disse-lhes: se sois filhos de Abraão, fazei as obras de Abraão. 40Mas agora procu-rais matar-me, a mim, que sou um homem que vos disse a verdade que ouvis de Deus [Cristo Solar]; Abraão nunca fez isto. 41Vós fazeis as obras de vosso pai [Jeová]. Eles disseram-lhe: nós não somos filhos da fornicação; temos um pai, Deus [Jeová]. 42Jesus disse-lhes: se Deus [Cristo Solar] fosse vosso pai, certamente me amaríeis, porque eu saí de Deus [Cristo Solar] e vim [o iluminado Mestre Jesus desceu da esfera superior, acima das sete esferas espirituais e reencarnou, para cumprir a sua missão Divina]; porque não vim de mim mesmo, mas ele [Cristo Solar] me enviou. 43Por que não conheceis vós a minha linguagem? Porque não podeis ouvir a minha palavra [assimilar as novas revelações morais e espirituais]. 44Vós tendes por pai o demônio [Jeová] e quereis satisfazer os desejos [oferendas; sacrifício de animais – rituais de magia negra] do vosso pai [Jeová]. Ele [Jeová] foi homicida desde o princípio, e não permaneceu na verdade; porque a verdade não está nele [Jeová]. Quando ele [Jeová] diz a mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso é o pai da mentira [Jeová]. 45Mas, ainda que eu vos diga a verdade [as novas revelações morais e espirituais], vós não me credes. 46Qual de vós me argüirá de pecado? Se eu vos digo a verdade [as novas revelações morais e espirituais], por que não me credes? 47O que é de Deus [Cristo Solar] ouve as palavras de Deus [Cristo Solar]; por isso vós não as ouvis porque não sois de Deus [Cristo Solar] (*).
Desde o início da formação da 5ª raça-mãe Adâmica na superfície do planeta, quem orientou e continua orientando a humanidade até os dias de hoje de maneira “positiva” ou “negativa” (através da inspiração, da intuição, da possessão e da materialização) são os espíritos de “luz” e de “trevas” (atualmente mais “trevas” do que “luz”) (*).

(*) Textos extraídos do livro do Mago Marzec; “O Apocalipse: a revelação do “Fim dos Tempos”.