sábado, maio 12, 2007

O Vinho é Pecaminoso?


Uma questão até hoje polêmica na igreja é sobre a ingestão de bebidas alcoólicas pelo crente. Seria pecado? Ou uma simples questão de consciência onde o cristão "forte" pode livremente desgustar prazerosamente? Todas essas questões até hoje causam tumultos.

No âmbito Batista Fundamentalista e Pentecostal, o cristão é proibido de ingerir bebidas alcoólicas, pois ela o prejudica perante o mundo e pode levar ao pecado explicíto da bebedeira. Por outro lado existe o ramo das igrejas históricas -presbiterianos, batistas tradicionais, anglicanos ,Luteranos, entre outros - é permitido que o crente beba bebidas alcoólicas, porém com moderação e bom senso.

A Biblia tem a resposta para essa questão. A bebida em si não é pecado, tem valor medicinal( 1Tm 5:23) alegra o coração do homem(Sl 104:15), entre outras coisas. Entretanto o excesso pode levar a perda da sobriedade, por isso a Escritura explicitamente diz para não nos embriagarmos(Pv 20:1), e também diz que o não podemos dar escândalo aos irmãos mais fracos na fé(Rm 14:21), por isso, devemos analisar a seguinte questão: onde bebemos, com quem bebemos e como bebemos. Ainda que bebamos sabiamente, não convém estarmos sentados em uma mesa de bar, onde há pecado e incredulidade, além de correr o risco de ser visto por um irmão fraco na fé e levá-lo a tropeçar. Outro fator importante é com quem bebemos. O mundo previsa ver que somos luz do mundo, por isso creio que não ajudará muito sentar junto com um incrédulo para beber qualquer tipo de bebida, além de corrermos um risco desnecessário de nos desviarmos do caminho do Senhor sendo levados para uma possível bebedeira.

Já debati com muitos jovens de uma determinada igreja confessional sobre isso, e infelizmente notei certa repulsa por parte deles com relação a advertências de coisas que não convém, infelizmente estamos numa época de oito ou oitenta. Que Deus possa nos dar a benção de sermos moderados como a sua Palavra!

Um comentário:

mauro.novaera disse...

ESSA QUESTÃO DO VINHO É MUITO AMPLA , MAIS VAMOS SEGUNDO A LÓGICA:
1 - A BÍBLIA NUNCA PROIBIU BEBER VINHO , APENAS ACONSELHA A MODERAÇÃO , ASSIM COMO NO COMER , NO FALAR ETC.QUANDO PAULI DISSE"NÃO VOS EMBRIAGUEIS , ELE ÃO DISSE VOCÊS ESTÃO PROIBIDOS DE BEBER VINHO.
2 - O VINHO NÃO DEIXOU DE PERDER O TEOR ALCOOLICO DEPOIS DE CRISTO , VINHO , OINOS , FRUTO DA VIDE , TUDO É VINHO,FERMENTADO , O LEGALISMO RELIGIOSO É QUE QUE FÊS ESTA DISTINÇÃO
3 - O VINHO DA CEIA NA IGREJA PRIMITIVA NÃO ERA SUCO DE UVA , POIS PAULO DISSE QUE ALGUNS SE EMBRIAGAVAM.
4 - NA FESTA EM CANA DA GALILÉIA FALTOU VINHO , BEBIDA INDISPENSAVEL EM FESTAS JUDAICAS ATÉ O DIA DE HOJE .
4 - JESUS NA CEIA TAMBEM TOMOU VINHO.
5 - ENTÃO;A BIBLIA NOS ORIENTA QUE A COISAS QUE NÃO CONVEM , ASSIM SE VOCÊ TOMAR VINHO MODERADAMENTE E TEM SUA CONCIENCIA LIMPA , NÃO PECA.
SE O FATO DE VOCÊ BEBER VINHO VIR A ESCANDALIZAR ALGUEM QUE NÃO TEM O MESMO DISCERNIMENTO QUE VOCÊ , VOCÊ PECA.
SE AO BEBER VINHO SUA CONSCIENCIA NÃO FICA EM PÁZ , VOCÊ PÉCA POR FALTA DE FÈ NAQUILO QUE FÁZ ,CONTUDO A BÍBLIA DÍZ , QUER COMAMOS , QUER BEBAMOS , VINHO , SUCO ,AGUA MINERAL , CERVEJA , FAÇAMOS TUDO PARA GLORIA DE DEUS ,

SIMPLES NÃO , O HOMEM É QUE COMPLICA AS COISAS , ALIÁS EM IGREJAS ONDE TUDO É PROIBIDO , COSTUMA-SE FAZER TUDO , AS ESCONDIDAS É CLARO..FALO ISSO COM CONHECIMENTO DE CAUSA.
O EVANGELHO É UMA VERDADE LIBERTADORA E NÃO UMA LEI ARBITRARIA..

COM CARINHO

MAURO DA NOVA.