segunda-feira, julho 20, 2009

Os 4 Jotas do Pentecostalismo


Por várias vezes acusado de movimento sem doutrina por muitos grupos cristãos e visto com desconfiança por outros , os pentecostais sempre procuraram mostrar, direta ou indiretamente, que sempre permaneceram fiéis aos princípios da Palavra de Deus. Logo no início do pentecostalismo brasileiro, o missionário Daniel Berg, ainda sem muita habilidade com o português, porém zeloso para com as almas perdidas, sempre buscava destacar 4 pontos fundamentais, que na verdade esboçava resumidamente sua teologia. tais pontos podem ( e a meu ver, devem) ser considerados como os quatro pontos fundamentais do Pentecostalismo bíblico e genuíno.

Jesus salva: Tal frase, pronunciada e crida por inúmeros cristãos, é a primeira e mais importante mensagem da doutrina evangélica-pentecostal. Sem salvação, não há remissão de pecados, não há transformações de vidas, não há dons espirituais, simplesmente não há nada. Todo o pentecostal genuíno crê que que a salvação é pela graça de Deus, por meio da fé em Cristo Jesus, morto por nossos pecados na cruz do calvário. E todo aquele que Nele crê possui a vida eterna e a habitação do seu Santo Espírito. Quem crê em Cristo possui uma nova vida, as coisas velhas se passaram, eis que tudo se fez novo (2 Co 5:17).

Jesus Cura: Hoje se fala muito sobre a cura divina, e muitos cristãos, quer pentecostais ou não, oram hoje em dia em sua busca. Talvez tal afirmação possa ser tida como rotineira nos tempos atuais. Porém quem possui tal visão não vê a importância e o profundo impacto teológico que isso causou na época. do surgimento do movimento. Muitos criam que Deus continuava a curar seus filhos nos dias contemporâneos, mas a questão é que muitos não criam em uma intervenção sobrenatural; uma cura extraordinária da parte de Deus, a semelhança do que acontecia nos primórdios da vida cristã. Junto com a cura divina sobrenatural, abriam-se as portas também para a manifestação sobrenatural: A contemporaneidade dos dons do Espírito e a Soberania d'Ele em distribuí-los de acordo com a sua Soberana vontade.


Jesus Batiza no Espírito Santo: Aqui se verifica a importância de ser cheio do Espírito Santo. Não se tem em mente aqui somente o exercício dos dons do Espírito Santo, como o falar em Línguas desconhecidas, o dom de profecia, de curar e outros. Mas um poder sobrenatural, um revestimento e capacitação especial para glorificar o Nome do senhor, além de um profundo desejo de buscar ser instrumento de salvação de almas perdidas e sem Cristo. Tal doutrina foi a mais "inovadora" da época e uma das quais mais causou distinção no movimento pentecostal de outros movimentos evangélicos. Hoje, mais do que nunca, é necessário buscar ser revestido do poder que vem do alto.

Jesus em Breve Voltará: A crença na segunda vinda de Cristo, física e literal, não é somente essencial ao pentecostalismo, mas para toda a igreja genuinamente cristã. Os pentecostais, como bons dispensacionalistas, afirmam a urgência e necessidade de trabalhar em prol do Reino de Deus. O tempo urge, e a qualquer momento o Senhor arrabatará a sua igreja. É necessário que busquemos cada vez mais viver uma vida santa e piedosa.

Nota-se, em todas a proposições doutrinárias apresentadas, que o pentecostalismo é de natureza fortemente cristocêntrica. O foco está em todo tempo glorificar a Cristo como Senhor. Tal afirmação é verdade e de forma alguma, como pentecostal, busco contorná-la. Quem é pentecostal, é cristocêntrico também, independente do que nossos "rivais" possam afirmar. É óbvio pentecostalismo buscar glorificar a Cristo, tal ato só pode ser oriundo da ação sobrenatural do Espírito Santo.

O pentecostalismo foi o movimento que mais contribuiu no século XX para causa de Cristo do que presbiterianos, batistas, metoldistas e anglicanos juntos. Longe de mim querer menosprezar tais denominações, mas ninguém pode menosprezar a realidade dos fatos.

Como afirmei anteriormente, temos muito o que aprender com nossos amados irmãos "tradicionais". Creio que esse processo já começou, e muitas bençãos virão quando estes começarem a aprender de nós.

Soli Deo Gloria.




5 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Victor Leonardo,
Graça e Paz!

Que lindo seu texto.
Retrata com simplicidade, a profundidade do evagelho de Cristo, o qual mesmo sendo profundo, não deixa de ser simples.

Parabéns!

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Victor Leonardo Barbosa disse...

Obrigado pelo apoio e incentivo pastor Carlos!!!!Que Deus o abençoe grandemente e que possamos permanecer firmes e fortes no Evangelho de Nosso Senhor!

Gutierres Siqueira disse...

Victor, a paz!

É realmente pertinente observar que a síntese doutrinária proferida pelo missionário Daniel Berg expressa a supremacia de Cristo na teologia pentecostal. Isso nos deixa feliz, pois mostra que os fundamentos desse movimento são fortes e bíblicos.

Abs!

Victor Leonardo Barbosa disse...

É verdade mano! Infelizmente, muitos de nosso críticos não atentam para esta realidade.

Anderson Cruz disse...

Muito bom, eu poderia reproduzir este artigo no meu blog. Muito obrigado.




Anderson Cruz - Palavra e Fé
anderscrz.blogspot.com